Publicado em

APC APRESENTA “PARA-JOGOS AFRICANOS”

Sharing is caring!

Leonel Pinto - presidente do Comité Paralímpico Africano (Foto: Marcelino Camões)

Os primeiros jogos africanos para atletas deficientes denominado “Para-jogos Africanos”, aprazado para o último trimestre de 2019, foi apresentado durante uma reunião do Conselho Directivo do Comité Paralímpico Internacional (IPC), realizado no fim de Janeiro, em Bona (Alemanha).

O protagonista da acção foi o presidente do Comité Paralímpico Africano (APC-sigla em inglês), Leonel da Rocha Pinto, quando abordava, no fórum, o desenvolvimento do desporto adaptado em África, insuficiências e caminhos para inversão do quadro.

Na sua alocução, o angolano explicou ao Conselho Directivo do IPC que procura patrocínios, bem como de um país organizador, numa prova em que se estima a presença de mil atletas.

Disse ser objectivo que os “Para-jogos Africanos” promovam o desporto adaptado no continente e, sobretudo, sejam demonstrativos do desenvolvimento existente.

Para-jogos Africanos acontecem em 2019 (Foto: Marcelino Camões)

“A África é o único continente que não organiza estes jogos multidisciplinar que contribui para o aumento da visibilidade do movimento paralímpico”, referiu, acrescentando ter já contactado, para o efeito, o Presidente da Comissão Desportiva da União Africana, Moussa Faki Mahamat.

África do Sul, Congo Brazzaville, Marrocos ou Egipto, pelas condições de infra-estruturas surgem como eventuais candidatos a albergar a prova, qualificativa aos Jogos Paralímpicos de Tóquio em 2020.

A implementação dos primeiros jogos africanos para atletas deficientes foi decidida na Assembleia-geral eleitoral do APC, decorrida em Abril de 2017, em Luanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *